O app de mensagens que você usa é seguro?

(54) 3329-1140
contato@i9website.com.br

O app de mensagens que você usa é seguro?

A Electronic Frontier Foundation (EFF) analisou dezenas de aplicativos do gênero para verificar se eles são realmente seguros e tratam suas informações com transparência.

 

Quais aplicativos de mensagens você usa para se comunicar com os amigos? WhatsApp? Telegram? iMessage? Facebook Messenger? Hangouts?

Os serviços foram analisados em sete critérios.

Para passar por todos os testes, eles precisam criptografar suas mensagens, de preferência com uma chave gerada e armazenada por você; permitir que você verifique a identidade de quem está do outro lado; manter suas informações seguras mesmo se suas chaves forem perdidas; e possuir códigos auditados, documentados e disponíveis para análises individuais.

Entre os mais conhecidos, os piores foram WhatsApp, Facebook Messenger e Hangouts, que passaram em apenas dois dos sete testes.

Eles até criptografam suas mensagens durante o caminho e possuem código auditado, mas pecam nas chaves de criptografia, não têm políticas claras de segurança e não permitem que o código seja analisado.

Além disso, o método de criptografia usado permite que os serviços leiam suas mensagens.

Alguns aplicativos não tão usados no Brasil, mas ainda importantes, foram piores.

O BlackBerry Messenger e o Viber, por exemplo, só passaram em um teste, o de criptografia em trânsito, em que praticamente todos os mensageiros foram aprovados.

Na outra ponta da tabela estão os aplicativos da Apple, iMessage e FaceTime, que passaram em cinco dos sete testes.

Eles não permitem que o usuário verifique a identidade da pessoa com quem está conversando, além de impedirem análises independentes do código.

Outro que se saiu muito bem foi o Telegram: apesar de não possuir código auditado e abrir a possibilidade de ter seus dados comprometidos caso suas chaves sejam roubadas, o serviço passou nos outro cinco testes.

Fonte: tecnoblog